quinta-feira, 31 de julho de 2014

No Panda :)

Seguem os horários dos Parabéns de Matilde:

02-08-2014 11:55
02-08-2014 18:00


Esperamos que gostem da surpresa!

Cumprimentos,

Canal Panda



A dois dias dos 4 anos da Matilde... há 4 anos estava assim

Há 4 aninhos esperava pelo meu primeiro grande amor incondicional... faltavam 2 dias para te ver e já te amava tanto minha metralhinha pipoca :) 

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Dia da Amizade

E como é hoje o dia que se celebra a amizade.... quero deixar um abraço do tamanho do mundo para os amigos e amigas não enumero porque quem é sabe bem que é :)


Para o meu melhor amigo um murro no braço... um carolo... e uma gargalhada... ao meu marido... obrigada pela estroinice que sempre nos uniu LOLOL ti amo



às minhas mais recentes melhores amigas, as minhas filhas... amo-vos imenso e espero que encontrem em mim sempre a vossa melhor amiga :)

terça-feira, 29 de julho de 2014

Conversas difíceis -1

Mais um tema que se apresenta nas nossas vidas – conversas difíceis…

​Na semana passada vinha com as três no carro e a Matildinha vira-se: 
“sabes mama, eu queria ir para o céu…” 
“mas queria ir fazer o que bebe?” 
“queria ir brincar para o céu”…. 
e eu 
“oh amor e assim não tavas com a mama nem com as manas e assim… “ 
e ela
” mas ia um bocadinho para lá, sabes? antes de ser pequenina, gostava de ser antes de ser pequenina, no céu”

Ai cum catano… 
Uma pessoa não sabe o que dizer bem nestas situações, ela não fez mais perguntas, mas está na fase de as fazer... e o que dizer? ai...

segunda-feira, 28 de julho de 2014

As voltas que a vida pode dar

E agora ao almoço encontro uma amiga de curso, daquele grupo que insiste em não se separar nem com as voltas que a vida dá... e diz-me que depois de 12 anos a trabalhar com bastante sucesso na empresa onde está, se demitiu... por causa da chefia... 
Muita coisa me contou, imagino que lhe tenha feito bem falar tudo e desabafar... que uma pessoa com filhos e trabalho e tudo o mais do dia-a-dia nem tem tempo para conversar, pois que esteve no aniversário das pinipons e nem atenção lhe pude dar com toda a azáfama da festinha... mas pronto, assim foi... e esteve a desabafar e "entretantos" a tomar a medicação que se viu obrigada a tomar por conta desse FDP de chefe... que lhe quis e fez a folha... 
Fiquei triste porque ela sempre foi uma excelente profissional mas sei que a vida dá muitas voltas e que ela vai conseguir superar isto, agora é tempo de se recompor, relaxar a cabeça e cuidar da família linda que tem, depois... como ambas dissemos no final "o futuro dirá" e o futuro é só amanha por isso hoje é preciso relaxar.
Ana Bela minha linda um beijo no coração, tudo vai correr bem!

Mais um fim-de-semana em grande


Na sexta recebemos amigos lá em casa pra jantar de quem gostamos imeeeeenso, minha amiga de ombro com quem desabafo este mundo e o outro… que me diz o que custa ouvir sempre mas que é preciso saber J amiga a sério… de pouco tempo , mas para todo o sempre J estivemos grávidas desta segunda vez ao mesmo tempo J e quero muito fomentar a amizade dos nossos filhos… para terem amigos desde pequeninos J
Bem no sábado um calor horrível… piscininha no terraço e as pinis lá pra dentro com a mana Nana… uma comédia… tenho SEMPRE  que colocar agua mais quentita… que elas são avessas a temperaturas baixas J
Esteve a avó Binha connosco de tarde e foi uma tarde bem passada ao ar livre do terraço lá de casa.
Ao fim do dia o papá e a mamã foram sair os dois e arejar e ser nós os dois e não só papá e mamã J e foi, como sempre, divertido!

No domingo mais uma calorada J como eu gosto do Verão J e piscina com elas de novo, desta feita com o papá J elas divertem-se imenso apesar de primeiro ficarem reticentes em sentar J
Mais um fim de semana em grande…
Updates da evolução:
Temos em cada boquinha delas 2 pré-molares, estão a crescer imenso…
Já nos tentam imitar a dizer algumas palavras…
Entendem o que lhes pedimos…. Quase tudo J

Lindas J

quinta-feira, 24 de julho de 2014

O máigiro da semana passada como mãe

Ser mãe não é fácil, é bonito mas não é fácil... A frase "é uma questão de adaptação" nunca me saiu tanto da boca como desde que tive as mais pequeninas, mas o facto é que assim que se engravida... É UMA QUESTÃO DE ADAPTAÇÃO TODOS OS DIAS... arre... adaptamo-nos a um ser movimentar-se na nossa barriga, que no início confundimos com cólicas :) ; adaptamo-nos à ideia de que um bebé vai sair POR ONDE?????; adaptamo-nos aos choros e fraldas e tudo mais.. todos os dias há coisas novas, podem ser repetidas umas das outras, mas são novas na sua essência de personalidade, sim.. a Matilde começou a caminhar com 12 meses e foi lindo, as gémeas ainda não… e vai ser lindo mas eu estou na mesma ansiosa… porque cada uma é uma…
Esta semana que passou o que foi MÁIGIRO como mãe foi
- termos dado à Matilde (3 anos quase quaaaaaase 4) a hipótese de escolher entre ir connosco a um casamento ou ir com a avó ao Porto estar com a sua prima Doquinhas (5 anos)… está claro o que foi que ela escolheu não é? Vê a prima uma vez por mês se vir…. E ADORAM-SE é o caos as duas juntas, terremotos e tufões e o camandro estão longe de saber o que é caos junto destas duas, mas é tão lindo o amor que sentem uma pela outra :) Foi par ao Porto e as fotos enviadas pela minha sis e a voz dela ao telefone denotam bem a alegria que vai naquele coraçãozinho, mesmo tendo perdido um fim de semana mais pertinho dela sei que ela ficou ainda mais feliz:) e ao fim e ao cabo é isso que queremos para ela certo?

- as pessoas no casamento a que fomos a gabarem-nos pelas pinipons serem TÃAAAAAAO LINDAS  e que têm os olhos do pai e a carinha da mãe… BABAAAAAAAAAAAAAAAADAAAAAAAAAAA POSSO? Hehehehe e elas a portarem-se 5 ESTRELAS




Ter passado por tudo ao lado deste pai lindão hehehe e babaaaaaaaaaado, ui babado como não há!!!! 

sexta-feira, 18 de julho de 2014

da consulta do ano, as três com um ano

Victoria 9.01 Kg (>25), 74 cm (>50) e 46 cabecita

6 dentes, 4 em cima e 2em baixo... 

Esperança 9.86 Kg (>50), 75.5 cm (90) e 46.5 cabecita
5 dentes. 3em cima e 2 em baixo

e muito boas... pela atópica talvez na Pan... que se resolve com Mustela cold cream... a ver vamos... 
o terçolho ainda não passou totalmente mas esta muito melhor...

Ambas lindas...

As minhas três metralhas com um ano


quinta-feira, 17 de julho de 2014

Devaneio momentaneo - Aaaaaaaaaaaaaaaaaargggh

Se eu pudesse pedir um desejo momentâneo de  algo na vida que não tivesse a ver com as minhas filhas e saúde da minha família pediria que a eu fosse um espelho em termos emocionais de vivência … só para outros se revejam em si próprios… e sintam o que fazem sentir os outros… quando mentem, quando são falsos, quando são esquivos… quando uns tentam subir a pensar que pisam o pescoço dos outros… ou quando algumas querem flirtar por subterfúgios… ou outros que se fazem de vitimas de tudo e mais alguma coisa e eu talvez para me olhar também… e ver que sou agreste tanta vez, que me custa por o pé todo no chão… e ver que sou feliz e pronto… mas… depois há os outros e outras que nos assediam a vida… a quem também podia pedir um mata poscas… mas gigante e não era para espantar era para encostar à parede… e dizer… XÔ gente feia… Xô gente pouca…vá e amassar um bocadinho... levemente... ou se calhar não!

Só no fim de ler me apercebi que escrevi um bocado à toa... mas o que é um devaneio se não um pensamento perdido colocado onde for à toa??

quarta-feira, 16 de julho de 2014

É devido porque é o que sinto ter que ser


Ser mãe para mim sempre foi um sonho… queria muito ser mãe, e a Matilde veio muito por isso, por eu querer muito sentir um amor maior… daqueles que falam que acontece assim que os olhos da nossa cria encontram os nossos… ou antes ainda no momento em que sentimos aquele chorar primeiro… mas eu acho que é antes ainda, e isto talvez ocorra quando se quer mesmo muito um filho, no momento da primeiro visionamento do serzinho na ecografia a mexer… sim, porque uma mãe de primeira viagem não sabe bem o que é aquilo que sente ao fundinho da barriga J apesar de tooooooda a gente dizer que é o bebé ou cólicas ou o camandro J
Não, no momento em que vi a Matildinha soube o que era amar incondicionalmente, soube que o morrer de amores… era aquilo J, era saber que a partir daquele momento dás a tua vida por aquele serzinho lindo que ali estás a fazer crescer J no forninho que é a tua barriga… e eu tive muito medo, penso até que foi a primeira vez que soube o que era medo com consciência, medo de perder aquela minha cria que eu queria tanto, porque já tinha perdido antes e sabia o que doía, mesmo sem a ver mexer… mas doía e muito… por isso foi uma gravidez cheia de cuidados… mas muitos mimos da mamã que só queria que estivesse bem a sua cria… tornei-me mais certa do que queria para o futuro e demorou a tomar algumas decisões difíceis, mas sem dúvida que as tomei todas a pensar nela, naquela parte de mim linda.
E ser mãe sempre tinha sido para mim um sonho sim… e realizei-o não naquele dia 02 de Agosto de 2010 mas quando a senti a primeira vez, assim que ela nasceu… senti um alivio tãaaao grande por ela ser perfeitinha e estar bem (a cesariana foi de urgência por sofrimento fetal agudo e por isso estava aflita) e foi ver crescer o amor que tinha por ela, alguém que conhecia há dias, mas que fazia mais parte de mim do que eu própria….
Era um sonho e realizei-o, e muito feliz por tê-la fiquei, como não sabia ser possível ser e desde esse dia sempre foi um sentir de mais um coração a bater no peito, mas fora dele!
Desde o dia que soube que a minha avó materna teve gémeos, mas que há 50 e tantos anos a medicina não era tão avançada e por isso não sobreviveram à prematuridade, o meu sonho era…. SER MÃE DE GÉMEOS… eu sei que parece maluquice, mas não é… era um sonho…, sonho esse que depois da Matildinha e do fim da estória com o papá dela pensei que não ia realizar-se… naquele momento só queria viver para ela e para mim e mais nadinha de nada… e ia ser feliz na mesma… mas re-encontrei quem um dia amei mais que a mim mesma… adolescente e doidinha por ele J e foi com ele que realizei este outro sonho de menina.. ser mãe de gémeos.. neste caso gémeas J
Ser mãe de gémeas é… como dizer… extenuante? stressante? Nãaaaa! É maravilhoso, é fantástico, é lindo… é também stressante e extenuante, é… estava a florear a coisa hehehehe, é tudo isso, mas o bom… O BOM É BOM DEMAIS… e ter a Matildinha, ainda que menos do que pretendíamos a fazer parte deste crescimento é muito mais lindo ainda….
Mas mais do que isso, ter ao nosso lado um companheirão que não se nega a nada no que toca à sua prole… é de uma segurança emocional que não vos consigo explicar… eu sei que não somos o casal perfeito e que também damos cabeçadas, mas sinto que nos fazemos um ao outro melhores pessoas J melhores pais melhores em tudo…
Ser mãe de tantas meninas é maravilhoso e vou iniciar pelo menos uma vez por semana um tópico em que falo do melhor da semana de ser mãe deste trio de metralhas e também da maior… de quem não falo muito para não invadir a privacidade da adolescente da casa J LOLOL mas que está no meu coração também…

Adoro ser mãe e mais ainda com este pai!!!

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Ode a ti e ao amor

E depois há momentos em que mesmo não estando todos a felicidade de ter estes seres na minha vida é transbordante… a felicidade da família que tenho é algo que me faz dizer, gritar escrever para eternizar, SOU FEITA PARA TI, PARA NÓS para termos isto e tudo o que passámos só nos faz dar o valor devido ao que temos.
A vida ensina-nos muito… e se estivermos atentos, a vida ensina-nos que não precisamos de ter para ser feliz… precisamos só de ser… SER FELIZES
Amo-te meu marido lindo, foste a minha melhor e mais linda casualidade da vida, foste e sempre serás… o amor da minha vida, construímos uma FAMÍLIA com letras grandes!
Obrigada

AMO-TE

Amo-te quanto em largo, alto e profundo
Minh ‘alma alcança quando, transportada,
sente, alongando os olhos deste mundo,
os fins do ser, a graça entressonhada.

Amo-te a cada dia, hora e segundo
A luz do sol, na noite sossegada
e é tão pura a paixão de que me inundo
Quanto o pudor dos que não pedem nada.

Amo-te com a dor, das velhas penas
com sorrisos, com lágrimas de prece,
e a fé de minha infância, ingénua e forte.

Amo-te até nas coisas mais pequenas,
por toda vida, e assim DEUS o quiser
Ainda mais te amarei depois da morte.

EBB

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Top 5 no cestinho na alma, no coração

Top das minhas coisas favoritas sem ordem nenhuma específica, punha tudo juntinho no cesto e trazia junto a mim sempre:
A gargalhada da Tildinha
O beijo do meu mais que tudo
O cheiro da pele das pinipons tão igual e tão diferente
A praia

Estarmos todos juntos (os 5/6/7)

Aniversário das pinipons Vi e Pan... update devido com fotos

Já não venho aqui há algum tempo, não coloquei as fotos dos aniversários das pinis... mas o tempo não permite... o horário de trabalho retomou ao completo... e como eu sou pessoa de bem não pedi declaração à medica em como ainda amamentava, porque não amamento... e a redução acabou.se...
Ando cansadita nesta habituação a este novo horário, à hora que hoje chego a casa já tinha feito taaaaaaaaaanta coisa... mas pronto... a vida é assim e temos que trabalhar....
Volto em breve com fotos e novidades do primeiro dia de praia com as tres metralhas :)
BJinhos

PS as fotos devidas do aniversário das pinis :)
Tão tão lindas estas pessoinhas

Na escolinha com a mana Matildinha sempre de volta delas :)





Em casa a comer o bolinho do dia que a Vó Binha trouxe e a abrir prendinhas
 




 Na festinha em casa dos avós no dia 28























Tão lindas :) <3